Em 2016, o Seminário Diplomático realizou-se nos dias 5 e 6 de Janeiro, em Lisboa, no Museu do Oriente e centrou a primeira parte dos seus trabalhos em Portugal e Europa num Mundo em Mudança. Membros do Governo, quadros da Administração Pública, das empresas, das universidades e demais sectores estratégicos, debateram com os Chefes de Missão temas fulcrais para a política externa portuguesa. Os trabalhos na tarde do primeiro dia, para além de permitirem uma apresentação aprofundada dos objetivos da Fundação Champalimaud, focaram essencialmente a Inovação e o Investimento, bem como a Economia do Mar. Ciente que o atual esforço nacional implica uma boa coordenação com o sector privado e o mais eficaz aproveitamento da presença portuguesa no mundo, o Seminário Diplomático de 2016 deu igualmente relevo às políticas consulares, à economia portuguesa e à cooperação internacional. Como em anos anteriores, abordou-se igualmente as condições para a internacionalização e crescimento da economia nacional bem como outras vertentes da diplomacia económica. Damos seguidamente, em detalhe, o testemunho das matérias abordadas. José Freitas Ferraz Diretor do Instituto Diplomático


José de Freitas Ferraz
Embaixador Diretor do Instituto Diplomático

2 Edição Digital
Download