Biblioteca e Documentação Diplomática


A Biblioteca mantém um vasto e valioso fundo bibliográfico e documental, especializado nas áreas da diplomacia, relações internacionais, direito internacional, política internacional, economia internacional, história diplomática e história.

O espólio da Biblioteca compreende: (aceda ao catálogo)

    • Monografias, séries, publicações periódicas e obras de referência nas áreas supracitadas;
    • Coleções de tratados;
    • Coleções de documentos de organismos internacionais;
    • Compilação e sinopse de legislação (desde o ano de 1715);
    • Boletins oficiais de antigas colónias;
    • Publicações do Ministério dos Negócios Estrangeiros;
    • Coleções de mapas e Cartografia;
    • Coleção de obras estrangeiras relativas aos Descobrimentos, à Expansão Portuguesa no Mundo, ao Património Cultural Português e à irradiação da Cultura Portuguesa; e ainda
    • Coleções e obras doadas ou adquiridas, de reconhecido valor.

Na biblioteca são depositadas das publicações editadas pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, sendo também a responsável pela sua distribuição. Compete-lhe compilar e elaborar a sinopse de acordos, tratados e outros atos solenes de carácter internacional de que Portugal seja parte
Desde 1997 este serviço dispõe das seguintes bases de dados:

Monografias e analíticos de publicações periódicas, adquiridos a partir de Janeiro de 1997;

    • Manuscritos e obras publicadas antes do século XX, pertencentes ao Fundo Documental Antigo;
    • Publicações periódicas adquiridas pela Biblioteca desde 1970, nas áreas em que a Biblioteca é especializada;
    • Acordos e tratados bilaterais e convenções multilaterais, que incluem as referências de todos os actos solenes internacionais, subscritos por Portugal (bem como dos países que, posteriormente, o fizeram) e publicados em jornal oficial, isto é, no Diário do Governo e Diário da República, desde o início do século XX;
    • Legislação, contendo as referências a diplomas publicados em jornal oficial entre Janeiro de 1997 e Dezembro de 2007, emanados tanto de ou sobre o MNE, como da Função Pública em geral ou outros assuntos de interesse para o MNE. Foram, igualmente, introduzidas as referências existentes nos catálogos da Biblioteca desde meados da década de 80.