A Neutralidade de Portugal na guerra russo-japonesa de 1904-1905


Cópia de telegrama de José Batalha de Freitas, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Tóquio para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que a situação era muito grave e que o governo do Japão tinha fretado trinta e cinco navios mercantes suspendendo as carreiras de navegação comercial; guerra estaria iminente.
Tóquio 25 Janeiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº6-A de José  Batalha de Freitas, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Tóquio para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, dando informações dos preparativos de guerra feitos no Japão; informa que com a interrupção da via da Sibéria as comunicações com a Europa iriam ser muito mais demoradas; envia cópias dos telegramas enviados desde 5 de Fevereiro de 1904 sobre o começo da guerra; envia cópia da tradução da declaração das negociações russo-japonesas quanto à Coreia.
Tóquio, 9 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº5 A do Conde de Selir, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal na Haia para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o governo holandês, na previsão dos acontecimentos no Extremo Oriente decidiu observar a mais estrita neutralidade no país e suas colónias no conflito entre o Japão e a Rússia.
Haia, 10 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama circular do Governo dos EUA para o Enviado dos EUA em Lisboa transmitindo a posição daquele governo quanto à neutralidade da China no conflito entre a Rússia e o Japão; documento com o timbre da legação dos EUA em Lisboa para o MNE em Lisboa.
10 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.


Nota nº8 de Alexandre Koyander, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário da Rússia em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando da chegada de um telegrama do MNE do Império da Rússia anunciando que na noite de 9 de Fevereiro de 1904 torpedeiros japoneses atacaram a esquadra russa em Porto Artur.
Lisboa, 28 Janeiro/10 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº2 A de António de Castro Feijó, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Stokholm e Copenhaga para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando da publicação no Diário do Governo local de uma declaração de neutralidade no recente conflito entre a Rússia e o Japão.
Stokholm, 11 de Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº7-A de José  Batalha de Freitas, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Tóquio para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando o texto da declaração de Guerra publicada na véspera.
Tóquio, 11 Fevereiro de 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama do Marquês de Soveral , Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Londres, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que reunia naquele dia o Conselho Privado do Rei de Inglaterra para proceder à proclamação da neutralidade da Inglaterra durante o conflito russo-japonês.
Londres, 11 Fevereiro de 1904. AHD Caixa 1081.


Cópia de telegrama do Conde de Tovar, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Madrid para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando da declaração do Governo espanhol quanto à neutralidade no conflito russo-japonês.
Madrid, 11 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Nota de Arajino Miura, Encarregado de Negócios Ad Ínterim do Japão junto de Lisboa mas residente em Madrid para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o Imperador do Japão tinha promulgado o decreto da declaração de guerra á Rússia; solicita a informação sobre a confirmação da neutralidade do Governo de S. M Portuguesa neste conflito.
Madrid, 11 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº13 do Conde de Tovar, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Madrid para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que tinha enviado um telegrama em que informava da proclamação da neutralidade da Espanha no conflito russo-japonês.
Madrid, 11 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº10 de Matias de Carvalho e Vasconcelos, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Roma para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros informando que o Governo italiano tinha publicado na Gazzetta Oficiale o decreto de neutralidade do governo italiano no conflito russo-japonês.
Roma, 11 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de José Batalha de Freitas, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Tóquio para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre se o governo português nomearia um adido militar português em Tóquio.
Tóquio, 13 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº2 A do Visconde de Pindela, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Berlim para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre os efeitos da declaração de guerra entre o Japão e a Rússia na Alemanha.
Berlim, 13 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº2 A de Joaquim Maurício Lopes, Cônsul Geral de Portugal na Cidade do Cabo, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando da proclamação de neutralidade da Colónia do Cabo na guerra russo-japonesa.
Cidade do Cabo, 15 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº10 A do Visconde de Pindela, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Berlim para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando a proclamação de neutralidade da Alemanha.
Berlim, 14 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº9 A de António Maria Bartolomeu Ferreira , Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Paris para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros sobre a neutralidade da França e as implicações aí da guerra russo-japonesa.
Paris, 16 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº10 A de José Batalha de Freitas, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Tóquio para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, relatando que o Ministro de Inglaterra e o Ministro da Alemanha comunicaram verbalmente ao MNE do Japão os desejos dos respectivos governos para que a proposta americana quanto à neutralidade da China fosse cumprida e respeitada pelos dois beligerantes.
Tóquio, 19 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº8 A do Conde de Paraty, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Viena para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, relatando as reacções da Áustria face à guerra russo-japonesa.
Viena , 17 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de Despacho circular s/n para os Consulados de Portugal informando que o governo Português tinha proclamado a sua neutralidade na guerra russo-japonesa.
Lisboa, 20 Janeiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício confidencial Nº2 A de Alcino de Castro, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em S. Petersburgo para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre o rompimento das relações diplomáticas entre o Império russo e o Império do Japão o qual, grande surpresa provocou até nos meios diplomáticos daquela capital; movimento de toda a população muito a favor da indignação do governo russo quanto ao modo da declaração de guerra do Japão; colecta de fundos para ajuda do esforço de guerra e para a Cruz Vermelha russa.
S. Petersburgo, 8/21 de Março 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de Nota de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para a Legação da Rússia em Lisboa, acusando a recepção da nota daquela Legação com data de 10 Fevereiro 1904 informando do estado de guerra entre o Império da Rússia e o Império do Japão, informando da neutralidade de Portugal neste conflito publicada no decreto de 18 do corrente mês.
Lisboa, 24 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de nota de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para a Legação do Japão em Lisboa acusando a recepção da nota daquela Legação com data de 10 Fevereiro 1904 informando do estado de guerra entre o Império da Rússia e o Império do Japão, informando da neutralidade de Portugal neste conflito publicada no decreto de 18 do corrente mês. Lisboa, 24 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº11 A de Tomás de Sousa Rosa, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Paris para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando as instruções dadas pelo governo francês para observância da neutralidade no conflito russo-japonês. Paris, 25 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº11 A de José Batalha de Freitas, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Tóquio para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, relatando uma conversa com o MNE japonês sobre a integridade da China durante o conflito russo-japonês; que o mesmo MNE. concordava plenamente com as reservas de Portugal relativas a Macau, mas não se tratando da integridade da China em nada o assunto da proposta do Sr. Hay poderia afectar os legítimos interesses de Portugal; notícias da guerra. Tóquio, 28 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº12 A de José Batalha de Freitas, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Tóquio para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando o texto do Protocolo assinado entre o Ministro do Japão e o MNE da Coreia o qual colocava esta sob a protecção do Império Japonês. Tóquio, 29 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama do Marquês de Soveral, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Londres para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre a proposta do Governo americano relativa à neutralidade da China a qual a Inglaterra aceitou. Londres, 29 Fevereiro 1904. AHD Caixa 1081.

Nota da Legação da Suécia e Noruega em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando quais os portos de guerra daqueles reinos. Lisboa, 2 Março 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de ofício de Wenceslau de Lima, Ministro dos Negócios Estrangeiros para o Ministério da Marinha enviando a indicação de quais os portos de guerra nos reinos da Suécia e Noruega. Lisboa 5 de Março 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº12 A do Conde de Selir, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal na Haia para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros acusando a recepção do despacho de 20 Fevereiro informando de que o autor tinha comunicado a neutralidade de Portugal àquele governo; medidas tomadas pelos Países Baixos quanto à sua neutralidade. Haia, 6 Março 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº1 A de Alcino de Castro, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em S. Petersburgo para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando as disposições que o governo Imperial aplicará durante a guerra com o Japão. S. Petersburgo, 8/21 de Março 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para o Marquês de Soveral, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Londres, informando que tendo os Governadores das possessões ultramarinas pedido instruções relativamente ao carvão como contrabando de guerra, solicita informação se há inconveniente que as instruções sejam as mesmas que foram dadas durante a guerra do Transvaal e qual tinha sido e continuaria a ser o procedimento do governo britânico neste assunto. Lisboa, 12 Março 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama confidencial e reservado de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para Alcino de Castro, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em S. Petersburgo, informando de que o governo inglês bem como outras potências fizeram directamente a comunicação em s. Petersburgo e Tóquio da sua adesão à proposta Hay, por isso seria necessário que Portugal também fizesse o mesmo. Lisboa 12 de Março 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama confidencial e reservado de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para José Batalha de Freitas, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Tóquio, solicitando informação se as potências neutrais tinham comunicado adesão à proposta Hay. Lisboa 12 de Março 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia telegrama de José Batalha de Freitas, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Tóquio para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando de que potências neutras incluindo Inglaterra e Alemanha tinham tal como Portugal feito uma comunicação verbal do acordo face aos desejos dos EUA e que Portugal tinha posto algumas reservas expressas no telegrama de 17 de Fevereiro. Tóquio, 13 Março 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama do Marquês de Soveral, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Londres para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que são os beligerantes que decidem quais os contrabandos de guerra. Rússia considerou carvão como contrabando de guerra, o Japão foi mais liberal tal como Inglaterra, no caso português como precisamos de importar aquele produto seria avisado seguir exemplo inglês. Londres, 14 Março 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Alcino de Castro, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em S. Petersburgo, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que os Embaixadores da Inglaterra e da Alemanha tinham recebido instruções para apoiar junto de governo russo a proposta do Sr. Hay. Embaixadores de Itália, de Espanha e Ministro da Dinamarca não fizeram qualquer comunicação. S. Petersburgo, 18 de Março 1904. AHD Caixa 1081.

Nota de Charles Page Bryan, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do EUA em Lisboa, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre o movimento dos EUA no sentido de manter a neutralidade e integridade da China. Lisboa, 25 Março 1904. AHD Caixa 1081.

Nota nº18 de Alexandre Koyander, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário da Rússia em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que face aos acontecimentos no Extremo Oriente vai o governo russo proceder à minagem da embocadura do rio Liao-He; informa também que os navios neutros têm livre acesso ao porto na condição de se informarem aos regulamentos estabelecidos. Lisboa, 14/27 Março 1904.  AHD Caixa 1081.

Nota nº19 de Alexandre Koyander, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário da Rússia em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que visto o controle que o governo japonês exercia sobre o governo da Coreia o governo imperial russo prevenia todas as potências dos perigos que poderiam correr os navios frequentadores daquelas paragens. Lisboa, 14/27 Março 1904 [sic]. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº15 A de António de Castro Feijó, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Stokholm e Copenhaga para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre as regras de neutralidade a aplicar nos países da Escandinávia. Stokholm, 30 de Março 1904. AHD Caixa 1081.

Nota nº20 de Alexandre Koyander, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário da Rússia em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que segundo uma comunicação do Comandante da frota russa no Pacífico todo o navio de guerra ou de comércio navegando nas águas onde se prosseguem as operações militares, de noite sem possuir iluminação ou durante o dia sem bandeira, o qual depois de ser avisado por um tiro de canhão continuar sem se identificar, será considerado inimigo e afundado. Lisboa, 18/31 Março 1904. AHD Caixa 1081.

Nota da Legação da Suécia e Noruega em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando quais os portos de guerra aqueles dois reinos. Madrid, 4 de Abril 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de ofício de Wenceslau de Lima, Ministro dos Negócios Estrangeiros, para Charles Page Bryan, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do EUA em Lisboa, acusando a recepção da nota de 25 Março corrente, dando conhecimento das instâncias dirigidas aos governos russo e japonês no intuito de ser respeitada a neutralidade da China durante a actual guerra. Lisboa, 5 Abril 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de ofício de Wenceslau de Lima, Ministro dos Negócios Estrangeiros para o Ministério da Marinha, informando das indicações recebidas do Governo russo quanto às medidas tomadas por este governo na foz do rio Liao-He, quanto aos navios comerciais dos países neutros. Lisboa 6 de Abril 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de ofício de Wenceslau de Lima, Ministro dos Negócios Estrangeiros para o Ministério da Marinha, informando que a Legação russa em Lisboa tinha informava que a guerra no Extremo oriente tinha-se estendido até à Coreia e por isso prevenia as potências neutrais dos perigos que os seus barcos corriam nessas paragens. Lisboa, 6 Abril 1904. AHD Caixa 1081

Ofício Nº23 A de António de Castro Feijó, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Stokholm e Copenhaga para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre as regras de neutralidade a aplicar nos países da Escandinávia. Stokholm, 2 Maio 1904. AHD Caixa 1081


Ofício Nº43 A de Jerónimo da Câmara Manoel Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Londres, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando o número do Japan Times de 26 de Março 1904 contendo todos os documentos relativos às negociações russo-japonesas que precederam a guerra. Londres, 5 Maio 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício reservado Nº8 A de Visconde de Alte, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Washington para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o Secretário de Estado do EUA tinha informado o signatário de que o Embaixador da Rússia tinha mostrado inquietação quanto à atitude da China, às quais depois de efectuado um inquérito efectuado pelos EUA ficou demonstrado que nada se passava de anormal; quanto a Macau informa o signatário, que deixou muito explicito que não lhe constava que do Governador daquele território tivessem vindo quaisquer notícias de natureza a despertar receios e supunha que o Governo português tinha aumentado as suas forças navais no Oriente para estar preparado para qualquer eventualidade; informa que ficou com a impressão de que as autoridades americanas consideravam o Governador de Macau com estando em posição especialmente favorável para saber o que se passa no Sul da China, por causa do grande número de Macaístas espalhados por toda essa região; também informa que o governo dos EUA apreciariam ter conhecimento de quaisquer notícias importantes sobre este assunto. Washington, 7 Maio 1904. AHD Caixa 1081.

Nota de Carl Daniel R. Sager, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário da Suécia e Noruega em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando das medidas aplicadas naqueles reinos quanto à sua neutralidade na guerra russo-jasponesa. Madrid, 10 Maio 1904. AHD Caixa 1081.


Minuta de nota de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para Carl Daniel R. Sager, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário da Suécia e Noruega em Lisboa, acusando a recepção da nota do destinatário datada de 10 do corrente sobre as medidas a tomar por aqueles reinos quanto à neutralidade no conflito russo-japonês. Lisboa, 14 Maio 1904. AHD Caixa 1081.

Nota de, Shiro Akabané, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do Japão em Lisboa, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o Japão, desde o dia 26 do corrente tinha bloqueado pelas suas forças navais toda a costa da ilha de Liaotuny [?]. Madrid, 28 Maio 1904. AHD Caixa 1081.

Minutas de nota de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para Shiro Akabané, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do Japão em Lisboa, acusando a recepção da nota do destinatário de 28 do corrente sobre o bloqueamento da costa da ilha de Liaotuny [?]. Lisboa, 31 Maio 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício de José Batalha de Freitas, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Tóquio para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, acusando a recepção do ofício em que o destinatário enviava cópia da troca de notas relativas à neutralidade da China. Tóquio, 4 de Junho 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de ofício de Wenceslau de Lima, Ministro dos Negócios Estrangeiros para o Ministério da Marinha , informando que o Visconde de Alte, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Washington tinha informado o MNE de que o Governo americano tinha mostrado interesse em conhecer mais detalhadamente as movimentações efectuadas no Sul da China mais precisamente na região de Macau. Lisboa, 15 Junho 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício da Secretaria de Estado dos Negócios da Marinha e Ultramar para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, remetendo por cópia um excerto da nota  do Comandante do cruzador Vasco da Gama e da Estação Naval de Macau em que se refere a conferência realizada por aquele oficial com o Ministro de Portugal em Pequim sobre o serviço a desempenhar pelos dois cruzadores da referida Estação Naval em Macau. Lisboa, 1 Julho 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº69 A de E. Moreira Marques Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Londres, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, remetendo um extracto das sessões na Câmara dos Lords e na dos Comuns relativo à discussão da questão da passagem dos navios de guerra russo pelo Estreito de Dardanelos. Londres, 12 Agosto 1904. AHD Caixa 1081.

Nota de S. A. Zelenoy Encarregado de Negócios Ad Ínterim da Rússia em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que os navios hospital russos iriam utilizar iluminação especial durante a noite. Lisboa 4/17 Agosto 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de ofício de Wenceslau de Lima, Ministro dos Negócios Estrangeiros para o Ministério da Marinha , enviando um exemplar e respectiva tradução da deliberação do Conselho de Ministros da Rússia relativa ao regulamento  temporário sobre a protecção em tempo de guerra de determinados portos da Rússia. Lisboa, 19 Agosto 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Wenceslau de Lima, Ministro dos Negócios Estrangeiros, para Cônsul Geral de Portugal em Shanghai Oscar George Potier informando o destinatário para pautar o destinatário o seu procedimento pelo do Cônsul de Inglaterra. ** Lisboa, 14 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Wenceslau de Lima, Ministro dos Negócios Estrangeiros, para Cônsul Geral de Portugal em Shanghai, Oscar George Potier e para Ministro de Portugal em Pequim informando que Cônsul de Portugal deverá pautar o seu procedimento pelo o do Cônsul de Inglaterra, nação nossa aliada e mais informa que deve o destinatário em Pequim entender-se obre este assunto com Ministro de S. Majestade Britânica. . ** Lisboa, 14 Setembro 1904 [sic]. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de E. Moreira Marques Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Londres, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando  que s jornais daquele dia em Inglaterra publicavam um enérgico artigo contra atitude dos navios da esquadra voluntária russa com relação ao comércio dos navios membros. Londres 19 setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Nota de S. A. Zelenoy, Encarregado de Negócios Ad Ínterim da Rússia em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, solicitando, tal como já o tinham feito ao governo britânico a possibilidade de transmitir uma mensagem urgente a dois cruzadores russos que se encontravam junto às costas da África do Sul aonde o Império russo não possuía nenhum agente consular. Lisboa, 15/28 Agosto 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº5 A reservado de Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que há poucos dias tinha dado entrada no porto de Vigo o Cruzador Dhon por menos de vinte e quatro horas; as suas intenções  eram de vigiar e dar caça por aquelas paragens aos navios ingleses suspeitos de levarem contrabando de guerra. S. Sebastian, 5 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Nota confidencial e s/n de S. A. Zelenoy Encarregado de Negócios Ad Ínterim da Rússia em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, solicitando que um destacamento da 2ª Esquadra russa do Pacífico, composta de três grandes unidades e de vários contra torpedeiros a caminho do Extremo Oriente, na sua viagem pudessem aportar a Lisboa para se abastecerem de carvão e víveres. [É a nota que deu origem à nossa resposta negativa.] Lisboa, 24 Agosto / 6 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para Francisco de Oliveira Calheiros e Menezes, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid informando que necessitava saber a atitude do governo espanhol a propósito da Esquadra Russa quando em alto mar ou em portos neutros. Lisboa 7 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Londres informando que necessitava saber os termos exactos e fundamentados das reclamações do governo Britânico a propósito da Esquadra Russa quando em alto mar ou em portos neutros. Lisboa 7 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Francisco de Oliveira Calheiros e Menezes Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre critério geral e assente do governo espanhol com cruzadores; não existe qualquer critério bem definido. Madrid, 8 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama do Encarregado de Negócios de Portugal em Londres para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre as negociações da reclamação do governo britânico ao governo russo. Londres, 8 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegramas circular confidencial de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para Legações de Portugal em Madrid, Londres e Roma, sobre pedido efectuado pelo governo russo para que esquadra que passará por Lisboa a caminho do Extremo Oriente pudesse abastecer-se de carvão e mantimentos nos portos portugueses sendo necessário; o signatário solicitava informação se os mesmos tinham feito mesmo pedido aos governos das respectivas Legações e quais as respostas dadas. Lisboa, 9 Setembro 1904. AHD Caixa 1081

Cópia de telegrama do Encarregado de Negócios de Portugal em Londres para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre o fornecimento de carvão e mantimentos por Inglaterra à frota russa do Báltico. Londres, 10 Setembro 1904. AHD Caixa 1081

Nota do Encarregado de Negócios Britânico em Lisboa para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o governo britânico tinha informado o governo russo de que não forneceria carvão e mantimentos nos portos do Império britânico. Lisboa, 10 Setembro1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de Nota de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o governo português, depois de consultados os Procuradores da Coroa portuguesa, não podia aceder ao pedido russo para abastecimento da esquadra do Báltico que se dirigia para o Extremo Oriente. Lisboa, 10 Setembro1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama confidencial de Francisco de Oliveira Calheiros e Menezes Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que governo espanhol ainda não tinha dado resposta definitiva a governo russo sobre apoio a dar pelo governo espanhol à esquadra russa que se dirigia para o Pacífico. S. Sebastian, 11 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama confidencial de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para Legação de Portugal em Madrid solicitando que o destinatário informasse o governo espanhol de que o governo português tinha recusado autorização à esquadra do Báltico para se abastecer nos portos portugueses. Lisboa, 12 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Jerónimo da Câmara Manoel, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Londres, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que um telegrama de Nova York informava que a União Interparlamentar iria solicitar às potências signatárias da Convenção Internacional da Haia para participarem na décima segunda conferência que teria lugar em S. Luís, afim de intervir na guerra russo-japonesa, pedindo ao Presidente Roosevelt para convocar uma segunda reunião da Convenção da Haia. Londres, 13 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama confidencial de Francisco de Oliveira Calheiros e Menezes, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando ainda sobre os cruzadores russos nas águas territoriais espanholas. S. Sebastian, 13 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.
 
Cópia de telegrama de Matias de Carvalho e Vasconcelos, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Roma para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o Governo italiano não tinha recebido qualquer pedido da Rússia relativo a quaisquer fornecimento nos seus portos à esquadra do Báltico com destino ao pacífico. Lisboa, 13 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Jerónimo da Câmara Manoel, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Londres, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que esquadra do Báltico tinha largado Cronstadt com destino ao Extremo Oriente. Londres, 14 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.


Cópia de informação interna da Direcção Geral dos Negócios Políticos e Diplomáticos do Ministério dos Negócios Estrangeiros assinada por José de Santos Martins [?] datada de 19 Setembro 1904 sobre as consequências possíveis do fornecimento ou não de carvão e víveres à frota russa quando da sua passagem por Lisboa. *** Lisboa, 19 de setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº6 A reservado de Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando de que a imprensa local começava a ocupar-se sobre o assunto da esquadra do Báltico e dos possíveis reflexos disso; envia vários recortes de jornais locais; relata conversa tida com o Secretário de Estado espanhol sobre o assunto. S. Sebastian, 19 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, solicitando com urgência posição do Governo espanhol face ao problema da esquadra russa. Lisboa, 20 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid para, Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre as medidas tomadas pelo governo espanhol quanto à frota russa do Báltico. S. Sebastian, 20 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid para, Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre as negociações entre o Estado russo e o Estado espanhol quanto ao apoio a dar à frota do Báltico. S. Sebastian, 21 setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº7 A reservado de Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre o estacionamento durante dois dias do cruzador russo Don em Vigo; solicita o envio de uma cifra para mais fácil correspondência para a Legação e consulados em Espanha. S. Sebastian, 21 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid para, Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o Cruzador russo Tereck entrou em Vigo apenas para tomar água entre 16 e 18 daquele mês. S. Sebastian, 22 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº8 A reservado de Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros em que envia um artigo do jornal “Epoca” sobre os deveres dos neutros. S. Sebastian, 23 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº9 A reservado de Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros em que envia ofícios e carta dos funcionários consulares portugueses em Barcelona e Vigo sobre a permanência e abastecimentos de navios russos naqueles portos. S. Sebastian, 25 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, solicitando confirmação de notícia vinda da Agência Havas em como o Governo espanhol recusou carvão e mandou sair em prazo limite cruzador Terek em Las Palmas. Lisboa, 26 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº10 A reservado de Francisco de Oliveira Calheiros e Meneses, Encarregado de Negócios Ad Ínterim de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando um recorte de jornal ainda sobre o cruzado Terek em Las Palmas. . S. Sebastian, 28 Setembro 1904. AHD Caixa 1081.

Nota do Bureau Interparlamentaire para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros dando conhecimento da resolução tomada na segunda Assembleia Geral da Union Interparlementaire, em S. Louis 13 Setembro 1904, com relação com o conflito russo-japonês. Berne, 20 Outubro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº12 A reservado do Conde de Tovar, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando as informações dadas pelo Cônsul de Las Palmas sobre a permanência e abastecimento de navios russos naquele porto. Madrid, 24 Outubro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama confidencial de Alcino de Castro, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando do incidente havido com a esquadra russa em Inglaterra que provocou danos materiais e vítimas; desculpas do governo russo ao governo inglês. Londres, 25 Outubro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama do Conde de Tovar, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre chegada de navios de guerra russos a Vigo com avarias importantes e que o governo espanhol iria observar o caso de assistência neste caso. Madrid, 27 Outubro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº13 A reservado do Conde de Tovar, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre os reflexos em Espanha do incidente em Hull entre a esquadra russa os navios britânicos que poderiam pôr em risco a paz na Europa; não fornecimento de carvão aos navios russo em Espanha. Madrid, 29 Outubro 1904. AHD Caixa 1081.

Nota de Shiro Akabané, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do Japão em Lisboa, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando as instruções do governo japonês quanto às obrigações dos países neutros  e mais especificamente ao fornecimento de carvão aos navios de guerra russos. Madrid, 29 Outubro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº115[sic] A do Conde de Tovar, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Madrid, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando informações do Cônsul de Portugal em Cádiz sobre notícias de que perto das Berlengas, passageiros de um barco espanhol tinham visto dois grandes transportes de carvão que pareciam esperar ali a passagem da frota russa. Madrid, 2 Novembro1904. AHD Caixa 1081.

Nota de Shiro Akabané, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do Japão em Lisboa, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, pedindo informações mais concisas sobre a neutralidade portuguesa no conflito russo-japonês. Madrid 4 Novembro 1904. AHD Caixa 1081.

Telegrama de Shiro Akabané, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do Japão em Lisboa, para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, solicitando com urgência qual a posição de Portugal como país neutro no conflito russo-japonês. Madrid 4 Novembro 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de telegrama de Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros para Shiro Akabané, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do Japão em Lisboa, informando que tinha recebido todas as suas missivas sobre a neutralidade portuguesa e que logo que possível enviaria uma resposta. Lisboa, 5 Novembro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº94 da Direcção Geral do Ultramar para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que podendo dar-se o caso de alguns navios das esquadras beligerantes procurarem exercer o direito de visita a bordo do vapor S. Tomé pertencente à Empresa Nacional de Navegação, fretado pelo Governo e investido na qualidade de transporte do Estado e com um oficial da Armada delegado do Governo a bordo, para conduzir a Macau um destacamento de tropa, seria de grande vantagem prevenir oficialmente os Governos russo, japonês e inglês desta referida viagem. Lisboa, 14 Novembro 1904. AHD Caixa 1081.


Ofício Nº13 A de Alcino de Castro, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em S. Petersburgo, para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, acusando a recepção do Despacho Nº7 com data de 17 do corrente; informa que transmitiu ao Chefe do Departamento dos Negócios do Extremo Oriente o conteúdo do referido Despacho sobre a missão incumbida ao vapor S. Tomé. S. Petersburgo 12/25 Novembro 1904. AHD Caixa 1081.

Nota de Shiro Akabané, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do Japão em Lisboa, para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o governo japonês tinha tomado conhecimento, com satisfação, que o governo português partilhava da mesma opinião sobre as obrigações do países neutros do que aquele governo. Madrid, 16 Dezembro 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de nota de António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para Shiro Akabané, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do Japão em Lisboa, informando-o de que efectivamente 21 navios de guerra russos tinham chegado à Baía dos Tigres dia 6 do corrente mês mas que não tinham ficado mais do que 24 horas. Lisboa, 17 Dezembro 1904. AHD Caixa 1081.

Telegrama de Shiro Akabané, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do Japão em Lisboa, para, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros para António Eduardo Vilaça, pedindo confirmação da notícia de que vinte e um navios da frota do Báltico se encontravam no porto de Moçâmedes desde dia 13 do corrente, e no caso afirmativo, por quanto tempo ficaram lá e quais as medidas tomadas pelo governo português quanto a este assunto; pergunta também se a frota carregou carvão. Madrid, 19 Dezembro [?] 1904. AHD Caixa 1081.

Nota de Shiro Akabané, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário do Japão em Lisboa, para, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros para António Eduardo Vilaça, pedindo confirmação da notícia de que vinte e um navios da frota do Báltico se encontravam no porto de Moçamedes desde dia 13 do corrente, e no caso afirmativo, por quanto tempo ficaram lá e quais as medidas tomadas pelo governo português quanto a este assunto; pergunta também se a frota carregou carvão. Madrid, 19 Dezembro 1904. AHD Caixa 1081.

Minuta de telegrama de António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, Ministro de Portugal em Londres, solicitando qual a opinião do governo britânico quanto à interpretação do Governo japonês dos deveres neutrais no que diz ao transbordo  de artigos de um navio de guerra para outro em águas territoriais nacionais; informa que nota  Governo japonês não era muito cordial. Lisboa 22 Dezembro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº117 A do marquês de Soveral para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando cópia da nota enviada pelo governo britânico quanto ao fornecimento de carvão e víveres à frota do Báltico. Londres, 24 Dezembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama circular confidencial de António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros para as Legações portuguesas em Madrid, Paris e Berlim informando que o governo japonês tinha perguntado a opinião acerca dos deveres dos países neutros em relação à esquadra do Báltico principalmente quanto ao fornecimento de carvão por navio carvoeiros dentro de águas territoriais ao que o governo português tinha-lhe parecido lícito entre navios de guerra; solicita informações sobre a opinião dos respectivos governos. Lisboa, 26 Dezembro 1904. AHD Caixa 1081.

Nota confidencial da Legação Britânica em Lisboa Soveral para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando de que o governo britânico não permitiria abastecimento de carvão aos barcos da frota do Báltico em águas territoriais inglesas. Lisboa, 27 Dezembro 1904. AHD Caixa 1081.

Ofício reservado Nº137 A do Conde de Tovar, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Madrid, para, António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre a opinião governo espanhol quanto ao contrabando de guerra e mais especificamente quanto ao carvão para navios. Madrid 28 Dezembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama do Conde de Tovar, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Madrid, para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que governo espanhol só permite fornecimento de carvão a navios beligerantes, o suficiente para chegar ao primeiro porto da sua ou outra nacionalidade. Madrid, 29 Dezembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama Tomás Sousa Rosa, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário, em Paris, para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre medidas tomadas pelo governo francês quanto às obrigações dos países neutros no conflito russo-japonês. Paris, 29 Dezembro 1904. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama confidencial do Conde de Pindela, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário, em Berlim para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando da opinião do Governo da Alemanha quanto às obrigações dos países neutros no conflito russo-japonês. Berlim, 2 Janeiro 1905. AHD Caixa 1081.

Nota de Charles Page Bryan, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário dos EUA em Lisboa para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre as negociações quanto à manutenção da neutralidade da China. Lisboa, 16 Janeiro 1905. AHD Caixa 1081.


Ofício Nº1 A de Visconde de Alte, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Washington para Wenceslau de Lima, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando cópia da correspondência trocada recentemente acerca da manutenção da neutralidade da China, entre o Governo dos Estados Unidos e outros Governos. Washington, 26 Janeiro 1905. AHD Caixa 1081.

Nota de Charles Page Bryan, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário dos EUA em Lisboa para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, ainda sobre as negociações quanto à manutenção da neutralidade da China. Lisboa, 13 Fevereiro 1905. AHD Caixa 1081.

Nota de Charles Page Bryan, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário dos EUA em Lisboa para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, ainda sobre as negociações quanto à manutenção da neutralidade da China. Lisboa, 20 Abril 1905. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº5 A reservado de Visconde de Alte, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário de Portugal em Washington para, António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, sobre a suposta violação da neutralidade por parte da China, relatando que Portugal tratou junto do Governo dos Estados Unidos de conseguir que fosse convidado a participar na acção colectiva das potências relativamente à manutenção da neutralidade da China; fundamentou esta acção dizendo que Portugal possuía a Colónia de Macau e no facto desconhecido geralmente desconhecido de ser o nosso país aquele que depois da Grã-Bretanha maior número de súbditos contava espalhados pelo território chinês; no seguimento desta acção tinha o governo português sido informado de todas as medidas tomadas neste sentido, isto não é destituído de importância em virtude de serem estas mesmas potências que terão representação no Congresso Internacional que se seguiria ao termo da guerra entre a Rússia e o Japão. Washington, 29 de março 1905. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº42 de Alexandre Koyander, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário da Rússia em Lisboa para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, solicitando autorização para que os tropedeiros da marinha russa que se encontram no Mediterrâneo e que vão a caminho de Libau pudessem fazer reabastecimento e algumas reparações no Porto em virtude de estes mesmos não se dirigirem para o Extremo Oriente. Lisboa, 4/17 Maio 1905. AHD Caixa 1081.

Minuta de ofício reservado de António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para os Ministério da Marinha, Fazenda e Reino informando das condições em que os navios de guerra russos que vinham do Mediterrâneo para Libau. Lisboa 22 Maio 1905. AHD Caixa 1081.

Nota da Missão Especial da China em Portugal [é assim o cabeçalho do documento] para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o governo Imperial da China tinha tido conhecimento da abertura das negociações entre a Rússia e o Japão; como o teatro da guerra se localiza em território chinês o Governo Imperial não quer deixar de declarar formalmente que não poderá reconhecer de nenhuma maneira que no futuro tratado de paz as clausulas que dizem respeito à China sejam negociadas sem o seu consentimento e acordo. Paris, 7 Julho 1905. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama de António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros para José de Azevedo Castelo Branco Chefe da Missão portuguesa em Pequim, solicitando que fosse negociada amigavelmente com a Legação russa a libertação de um sujeito de nome Guedes caso o delito justificasse a intervenção de Portugal a seu favor. Lisboa 19 Julho 1905. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº172 A de António Carlos dos Santos Bandeira Encarregado de Negócios de Portugal em S. Petersburgo, para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando  de que tinha recebido uma nota verbal do MNE russo em que era feita a comunicação de ter sido expulso de Kharbine [?] no dia 15/28 junho último o súbdito Português José Haidis [ou Guedes], acusado de ter cedido aos japoneses os planos de fornecimento de munições a Porto-Artur, e de que o dito português tinha sido posto à disposição do Governador Geral de Irkoutsk. S. Petersburgo, 7/20 Julho 1905. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama do Encarregado de Negócios de Portugal em Pequim para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que Guedes se encontrava em liberdade. Pequim, 26 Julho 1905. AHD Caixa 1081.

Cópia de telegrama do Encarregado de Negócios de Portugal em Pequim para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, informando que o súbdito português de apelido Guedes afinal ainda se encontrava detido; o Cônsul da Rússia que era também Cônsul de Portugal tinha pago oito mil dólares para obter a soltura e por isso informa que achava conveniente retirar-lhe esse Consulado de Portugal. Pequim, 26 Julho 1905. AHD Caixa 1081.

Minuta de Despacho Nº5 de António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, para António Carlos dos Santos Bandeira Encarregado de Negócios de Portugal em S. Petersburgo, acusando a recepção do ofício datado de 20 do corrente relativo ao súbdito português expulso de Kharbine e entregue ao Governador de Irkoutzk; solicita ao destinatário que empregue os seus bons ofícios em favor deste senhor se ele estiver preso e principalmente para que não seja condenado à pena de morte. Lisboa, 29 Julho 1905. AHD Caixa 1081.

Ofício Nº73 de Alexandre Koyander, Enviado Extraordinário e Ministro Plenipotenciário da Rússia em Lisboa para António Eduardo Vilaça, Ministro e Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, enviando o protesto efectuado pelo Governo russo relativamente ao navio hospital apreendido pelos japoneses durante a guerra russo-japonesa. Lisboa, 10/23 Setembro 1905. AHD Caixa 1081.

Fim do Maço.