10º aniversário da Concordata entre a República Portuguesa e a Santa Sé 2004-2014

A Conferência Concordata entre Portugal e a Santa Sé: Realizações e Perspectivas teve lugar no dia 8 de Maio no MNE Esta Concordata assinada a 18 de Maio de 2004, reflecte a nova realidade política, distinta das condições em que foi assinada a primeira durante o período do Estado Novo.

A conferência fez o balanço das realizações alcançadas durante os dez anos passados sobre a assinatura do documento e analisar as perspetivas futuras de relacionamento entre Portugal e o Vaticano é o objetivo da conferência promovida pelo Instituto Diplomático, do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

 



Intervenções

“Concordata entre Portugal e a Santa Sé: Realizações e Perspectivas”

10º aniversário da Concordata entre a República Portuguesa e a Santa Sé 2004-2014

Moderador:
Embaixador Manuel Fernandes Pereira, Embaixador de Portugal junto da Santa Sé (2010-2012)

Abertura:
Dr. Jaime Gama, Presidente da Assembleia da República (2005-2011) e
Ministro dos Negócios Estrangeiros (1983-1985 e 1995-2002)

“Portugal e Santa Sé: Breve reflexão Histórica”
- Prof. Dr. Bruno Cardoso Reis, investigador na Universidade de Lisboa

“A influência da religião na celebração de tratados internacionais”
- Dr. Ademar Vala Marques, jurista, Mestre em Direito Internacional Público

“O Histórico do Processo”
- Embaixador Pedro Ribeiro de Menezes, Embaixador de Portugal junto da Santa Sé e Presidente da Comissão Negociadora com a Santa Sé (2000-2004).

“A novidade da Comissão Paritária”
- Prof. Doutor M. Saturino Costa Gomes, membro  da Delegação da Santa Sé na Comissão Paritária

“Estado e Igreja na Europa do Século XXI”
- Prof. Dr. Manuel Braga da Cruz, Reitor da Universidade Católica (2000-2012)

Palavras de Encerramento:
- O Núncio Apostólico em Lisboa, S.E.R. D. Rino Passigato

Encerramento:
- O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Dr. Rui Machete