No passado dia 3 de Julho, a Assembleia da República aprovou por unanimidade a concessão de honras de Panteão Nacional a Aristides de Sousa Mendes, o cônsul português em Bordéus que salvou a vida de milhares de judeus durante a II Guerra Mundial, tendo sido publicada a Resolução da Assembleia da Repúlica nº 47/2020 de 24 de julho.

 

ASMPanteão Nacional

 

  • Partilhe